Pesquisa personalizada

quinta-feira, 19 de maio de 2016

La 'D' eufonica

"Si comincia la cernita, al buio, od alla fioca luce di una lampada ad acetilene..." (A. Mallardi)

É muito comum, no italiano, se acrescentar a letra "d" às vogais "a, e, o" quando elas se encontram diante de outra vogal. Entretanto, é melhor limitar-se a colocar o "d" eufônico somente diante de palavras que começam com a mesma vogal.

Ex.: ad amare; ed esperienza; od opera; etc.

É preferível, portanto, que se diga/escreva "e io" ao invés de "ed io"; "e ora" ao invés de "ed ora"; "a Occidente" ao invés de "ad Occidente". Porém, não raro o "d" eufônico se torna desnecessário, pois produz certa cacofonia.

Ex.: a adempire (ao invés de ad adempire); o odiare (ao invés de od odiare).

Não se deve usar "ad, ed, od" diante de palavras iniciadas por consoantes.

Qualquer dúvida, deixa um comentário.
Arrivederci!
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário